Bola de Bichat é ouro! a pseudo-odontologia dos “bichectomistas”

Tempo de leitura: 1 minuto

O intuito inicial era indicar a cirurgia de remoção da Bola de Bichat, bichectomia, para fins funcionais em pacientes que apresentam o herniamento desta estrutura muito próximo do plano oclusal. Nestas situações o paciente pode traumatizar os tecidos durante o ato mastigatório e a realização da bichectomia estaria indicada para melhorar deste quadro.

Tal procedimento, em alguns pacientes, pode trazer concomitantemente, um ganho na harmonia da estética facial. Por conta disto, alguns dentistas viram nisso um nicho lucrativo e ser explorado. Começaram-se a disseminar os cursos de bichectomia, selfies de dentistas fazendo pose com um fragmento de Bola de Bichat, e inúmeros posts de fotos de celebridades como Angelina Jolie. Enfim, virou a cirurgia da moda e hoje temos uma legião de “bichectomistas”.

Uma nova geração de cirurgiões dentistas passam agora a vislumbrar uma nova odontologia. Uma odontologia vazia, mas que dá dinheiro rápido e fácil; uma odontologia rápida, se aprende em um curso de 1 dia; uma odontologia que te permite se sentir (durante o clique do self) um grande cirurgião; uma odontologia sem consistência, mas que está na moda.

Não é que a bichectomia não deva ser feita, deve sim e tem suas indicações. A bichectomia é uma técnica no arsenal técnico dos profissionais (seja médico ou dentista) que estudam e entendem de estética e harmonia facial e tem a bichectomia como uma técnica complementar e não a única técnica.

No vídeo abaixo você vai entender por que, para nós que exercemos a odontologia em sua plenitude, Bola de Bichat é Ouro!